Meus parabéns, Araçagi, porém não creio que estás feliz, por Alef Mendes

Parabéns, Araçagi, pelos 61 anos de emancipação política, no entanto, será que estás feliz pelos históricos desencantos que em ti habita? Desejar-te felicidade somente por emancipar-se politicamente seria o teu bem ou te faz feliz? Não seria um paradoxo te felicitar por um sistema que historicamente abandona os filhos que de teu ventre nascem? Não seria esse um momento de cobrir os históricos desvarios que incomodam-te e te faz “chorar”? Sim, Araçagi chora e creio que não de felicidades pelas felicitações de sua emancipação política, mas pelos seus filhos que perecem pelo o abandono e por uma histórica falta de Políticas Públicas.

Como poderia Araçagi está feliz se em suas demarcações existe um lixão a céu aberto?

“O lixão de Araçagi fica numa área próximo ao sítio Mondé, não muito distante da sede do município e sempre foi causa de muita preocupação, principalmente para quem mora próximo. A população reclama do mau cheiro, da proliferação de insetos e do risco de serem afetadas por doenças.”  Sem falar na degradação ambiental que isso causa como fala no artigo “DEGRADAÇÃO AMBIENTAL: UMA VISÃO DA PROBLEMÁTICA DO LIXO NO MUNICÍPIO DE ARAÇAGI- PB”.

Como poderia Araçagi está feliz se em suas delimitações ainda existe falta de saneamento básico e o maior bairro Santo Amaro vem historicamente sendo esquecido acerca da pavimentação das ruas e muitos de seus moradores andam na lama?

Como poderia Araçagi está feliz com seus filhos sofrendo com essas tão grandes degradações sociais? Esgoto a céu aberto é algo costumeiro a moradores dos arrabaldes da cidade de Araçagi, e isso não é vinculado somente ao presente, mas também ao passado, pois não há presente sem passado, nesse caso, para melhorar o futuro vamos agir no presente, vamos apegar-nos ao bem social e de todos.

Desse modo como poderia Araçagi está feliz se seus filhos para sobreviver e no intuito de uma vida melhor vivem numa constante migração para os grandes centros do país?  Momento no qual quase todo araçagiense já passou; momento que mães e pais choram pelos filhos que vão de ônibus pela “estrada da vida”; irmãos se abraçam e se despedem, porque os seus gestores não investem em políticas de incentivos ao desenvolvimento industrial, econômico e por isso a nossa cidade-mãe não consegue oferecer empregos para a sobrevivência dos seus. Minha querida cidade será que estás feliz?  

O Trabalho de Conclusão do Curso de Geografia do nosso araçagiense  Claudiano dos Santos Andrade que tem por título “Araçagi e seu crescimento urbano: um olhar para a infraestrutura da malha urbana e o direito à cidade”, relata a respeito da distribuição de renda da nossa cidade, o qual demonstra uma imensa desigualdade social em Araçagi. Nesse caso, seria esse um grande progresso ou realmente Deus te salve Araçagi? Bem com tantas desigualdades sociais, Deus te salve Araçagi; poderia enumerar diversos descasos sociais em nossa cidade, no entanto esses já nos dão uma imagem do que temos. Dessa maneira como parabenizar a nossa querida cidade por uma data de emancipação que trouxe um sistema historicamente abandonador e subjetivista à nossa Araçagi? Bem cada um tire suas conclusões, mas mesmo com todas as felicitações a pergunta é: será que Araçagi está feliz? 

No entanto para não ser antiquado, meus Parabéns Araçagi, porém não creio que “você” está feliz. Eu acho que se Araçagi pudesse falar, não falava, somente chorava de tristeza.                 

Graduando em História pela UEPB - CH; participante do NEABI - CH; extensão em Ciência Política e em aprofundamento nos estudos sobre representatividade e Invisibilidade da população negra na Política.

Graduando em História pela UEPB – CH; participante do NEABI – CH; extensão em Ciência Política e em aprofundamento nos estudos sobre representatividade e Invisibilidade da população negra na Política.


Fontes:

http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/21800
http://docplayer.com.br/19665878-Degradacao-ambiental-uma-visao-da-problematica-do-lixo-no-municipio-de-aracagi-pb.html
www.aracagi.pb.gov.br/prefeito-murilio-assina-tac-para-por-fim-ao-lixao-da-cidade

Compartilhe

Leave a Comment

error: Este conteúdo está protegido!